top of page
  • Foto do escritorFutebol em Rede

ABEL “BRANDÃO” FERREIRA


Ao Velho Mestre, com carinho.

Na última segunda-feira, 30 de outubro, completaram-se três anos do anúncio oficial da contratação de Abel Ferreira por parte do Palmeiras. Até então um completo desconhecido por todo mundo, hoje todo o planeta o conhece graças ao excepcional trabalho que, desde então, tem desenvolvido no clube e, claro, aos oito títulos significativos que conquistou no período.

Motivo de discussão entre muitos que o apontam como o melhor técnico de toda a história alviverde e outros muitos que disso discordam, a verdade é que o português acumula recordes seguidos de recordes. E, se tudo seguir como tem sido desde sua chegada, não demora muito quebrará mais um.

Tomando-se por base as datas do primeiro e do último jogo dos 133 treinadores que o Verdão já teve, veremos que o último a superar a marca que o gajo atinge hoje, 31/10/2023 (2 anos, 11 meses e 25 dias), foi Luiz Felipe Scolari que, em sua primeira passagem pelo clube (entre 22/06/1997 e 21/06/2000) comandou a equipe por exatos 2 anos, 11 meses e 28 dias. Perceberam? Apenas três dias a mais do que o atual treinador alviverde. Contudo, como Abel permanecerá pelo menos até o fim desta temporada – ou seja: até 06/12/2023 – ele chegará no mínimo a 3 anos, 1 mês e 1 dia, e assim superará Felipão.


Esta já será uma marca indelével na história tanto do treinador quanto do clube de Parque Antártica, mas o polêmico comandante (que tem o ego ainda maior do que o talento) poderá ir ainda mais longe. Seu atual contrato com o Palmeiras terminará apenas em 31/12/2024 e, se o cumprir pelo menos até 25/06/2024, ele atingirá a incrível marca de 3 anos, 7 meses e 19 dias consecutivos à frente do elenco. Desta forma, se tornará o mais longevo treinador de toda a mais do que centenária história do clube, honraria que hoje já dura mais de 48 anos e que cabe ao inesquecível Oswaldo Brandão, que em sua penúltima passagem pelo alviverde de Palestra Itália ficou por exatos 3 anos, 7 meses e 18 dias (de 24/11/1971 a 13/07/1975).

Se Abel Ferreira continuar a quebrar estes recordes e, claro, a faturar títulos após títulos, daqui a pouco ninguém mais discutirá quem é o maior treinador da história do Palmeiras.

­­­­­­­­­Márcio Trevisan é jornalista esportivo há 35 anos. Escritor com cinco livros publicados, começou no extinto jornal A Gazeta Esportiva, onde atuou por 12 anos. Editou várias revistas, esteve à frente de vários sites, fez parte de mesas redondas na TV e foi assessor de Imprensa da S. E. Palmeiras e do SAFESP. Há 17 anos iniciou suas atividades como Apresentador, Mestre de Cerimônias e Celebrante, tendo mais de 450 eventos em seu currículo. Hoje, mantém os sites www.senhorpalmeiras.com.br e www.marciotrevisan.com.br. Contatos diretos com o colunista podem ser feitos pelo endereço eletrônico apresentador@marciotrevisan.com.br.



コメント


bottom of page