• Futebol em Rede

A Pandemia fará uma "Seleção Natural" também no futebol?

A Pandemia fará uma "Seleção Natural" também no futebol? A história diz que as pandemias, os grandes terremotos, desastres naturais ou não, guerras e etc, causam revoluções na maneira de viver e uma certa Seleção Natural não só da espécie, mas também no modo de agir, negociar e sobreviver nessa bendita Terra de Meu Deus.



Até que ponto isso vai atingir o futebol se levarmos em consideração tal tese? Os estudos dizem que nos primeiros momentos após esses episódios há uma grande letargia. É o tal de a "Ficha ainda não caiu", mas depois alguns começam a tomar rumos, a resolver suas situações com novos caminhos e serão esses sobreviventes que darão as cartas para o futuro.



A frase que mais ouviremos e já ouvimos é: "Depois da Pandemia nunca mais o Mundo será o mesmo". Pode ser pior ou melhor, depende de nós, mas igual não mais. Seja na área humana, empresarial, profissional ou tecnológica. Muitas profissões morrerão e já estão morrendo pelo caminho e outras nascerão com o alvorecer de uma nova era. E o futebol? Que caminho tomará?



Humildemente analisando sem ter nenhum embasamento científico para isso, mas apenas por observação, acho que alguns clubes serão extintos. Isso acontecerá senão logo após a Pandemia, mas nos anos seguintes. A falência e a morte serão decretadas mais rapidamente do que se pensa. Alguns sobreviverão com migalhas, mas com um futebol semi-profissional. Mas isso poderá atingir também alguns clubes que tem história grande, mas que se apequenaram nesses últimos ano e hoje são insolventes. Esses dificilmente vão se recuperar.



Seria a "Seleção Natural" também no futebol? Acho que passaremos por isso. Alguns clubes podem até buscar fusões para sobreviver esquecendo suas sérias rivalidades atuais. Enfim, virá uma nova Era. Se vai ser boa ou ruim só o tempo dirá. Será mais um legado de um Mundo Pandêmico, que se tornou capitalista demais e humanista de menos. Que aprendamos a lição em meio as trevas que vivemos hoje. Já seria um bom começo.