• Futebol em Rede

A lenta recuperação de Gabriel Jesus

O jovem e talentoso Gabriel Jesus ( Foto – express.com.uk ) viveu duas temporadas muito boas. Brilhou no Palmeiras, foi a solução de Tite na seleção brasileira e chegou bem no Manchester City. Tudo aconteceu muito rápido. Era até esperada uma queda de rendimento. O drama foi acontecer o declínio em ano de Copa do Mundo. Passou em branco na seleção e viveu jejum de gols na Inglaterra. Muitos apostam alto no atacante. Considero um jogador muito promissor, mas não exagero imaginando ser um futuro melhor do mundo. Hoje, Gabriel Jesus joga num timaço. O Manchester City tem jogadores de ataque bem acima da maioria dos rivais. Resultado, Aguero é o titular na função do garoto, faz muitos gols e ainda por cima tem história no clube. Sterling, Sané, Mahrez, David Silva e Bernardo Silva. Todos com função ofensiva na equipe e com rodagem. Natural que o brasileiro frequente o banco de reservas. Guardiola insiste na disputa pela função entre Aguero e Gabriel Jesus. O melhor para o brasileiro era atuar mais aberto. Jogou bem assim no Palmeiras. Seria mais acionado, participaria mais do jogo e seria mais fácil superar as críticas do treinador que apontam certo abatimento no garoto. Fixo, brigando entre os defensores, ele participa menos e erra mais. Sente mais a cobrança. O problema é quem sacar nas laterais. Todos estão voando. Gabriel Jesus, pela juventude e pelo talento, vai se recuperar. Como o time é muito bom, a recuperação será lenta. Paciência garoto!!!!!

#ManchesterCity